Agência Telebrasil
Expediente
Telebrasil



O SindiTelebrasil agora é Conexis Brasil Digital. Saiba mais.

Home office pode gerar renda extra anual de R$ 22 bi no Brasil
Agência Telebrasil
14/10/2020

Em artigo para o TecMundo, o presidente-executivo da Conexis Brasil Digital, Marcos Ferrari, elenca os beneficios do teletrabalho e o impacto na renda das famílias. Mais do que nunca, a conectivivdade é crucial para o cidadão brasileiro.

Os benefícios do home office, inicialmente imposto pela pandemia, foram se revelando ao longo desses sete meses de isolamento social e se estabeleceram na nova dinâmica das relações de trabalho. A conectividade, assegurada por uma infraestrutura de telecom robusta, garante que uma série de atividades, em diversos segmentos da economia, seja prestada de forma remota, resultando inclusive em redução de despesas familiares e aumento de renda para os brasileiros.

Pensando sob essa perspectiva, desenvolvemos na Conexis Brasil Digital – a nova marca do SindiTelebrasil – um estudo sobre o teletrabalho e o impacto na renda das famílias. Pelo levantamento, o home office tem um potencial de gerar uma renda extra anual de R$ 22 bilhões no orçamento familiar dos brasileiros, resultando em impacto positivo em toda a economia.

Com base em parâmetros da Pesquisa de Orçamentos Familiares de 2017/2018 (POF/IBGE) atualizados para 2020, verificamos que o trabalho em regime de home office pode aumentar em 43% a renda mensal disponível das famílias brasileiras, subindo de R$ 847 para R$ 1.215, em média, já descontadas as despesas. Isso representa, por domicílio um incremento de R$ 368 ao mês.

Incremento de R$ 368 ao mês por domicílio

Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD/IBGE), e incluindo uma estimativa para o trabalhador do setor público, em junho deste ano havia 5,4 milhões de pessoas trabalhando em domicílio, o que representava 6,9% da população ocupada, num contexto de redução de 10 milhões de pessoas ocupadas devido à crise. Em março de 2019, essa proporção era de 5,7%.

Os levantamentos mostram que esses novos hábitos de atividades remotas já se consolidaram como uma forte tendência. Estudo do IPEA (“Potencial de teletrabalho na pandemia: um retrato no Brasil e no mundo”) estimou que há um potencial de mais de 20 milhões de pessoas ocupadas que poderiam passar a trabalhar em domicílio.

Mais de 20 milhões de pessoas ocupadas que poderiam passar a trabalhar em domicílio

Outro estudo, desta vez da BCG, indica que as empresas esperam alterar permanentemente suas políticas de trabalho. Pelo levantamento, antes da pandemia, 63% das empresas empregavam menos de 5% de seus funcionários trabalhando em domicílio. O mesmo estudo aponta que, depois da pandemia, 50% das empresas esperam que entre 25 e 50% de seus funcionários passem a trabalhar em casa.

Tudo isso tem sido possível por meio da conectividade, garantida pela rede de telecomunicações brasileira, que já recebeu investimentos privados de R$ 1 trilhão desde a privatização do setor, em 1998. Ao ano, são investidos em média R$ 32 bilhões, especialmente em expansão de infraestrutura e melhoria da qualidade e cobertura.

Mesmo diante da retração econômica imposta pela covid-19, o setor respondeu com aumento de investimentos. No segundo trimestre de 2020, os investimentos em telecomunicações chegaram a R$ 7,2 bilhões, valor 4,3% maior do que os recursos aplicados de janeiro a março deste ano, de R$ 6,9 bilhões, somando R$ 14,1 bilhões no trimestre.

Novo nome

O mundo está mudando e também a maneira de trabalhar, de estudar, de fazer negócios, se divertir e se relacionar, e o setor de telecomunicações, que é base de toda essa transformação, está mudando junto.

Partindo da necessidade de ter uma marca mais alinhada com os valores de sustentabilidade, de promoção da economia digital e de conexão das pessoas, a representação institucional do setor decidiu mudar seu nome de SindiTelebrasil para Conexis Brasil Digital, tornando ainda mais forte nosso propósito de digitalizar o País e de conectar todos os brasileiros.

LEIA TAMBÉM:

16/12/2020
Campanha #FiqueEsperto dá dicas de como proteger suas informações

30/11/2020
Plataforma das operadoras para medir isolamento social gerou 1,3 milhão de índices

26/11/2020
Projetos conjuntos de diferentes setores de infraestrutura devem mirar redução de custos

16/11/2020
A estreia do PIX e a bancarização pelo celular

10/11/2020
Conif e Contic fazem parceria para aproximar estudantes e capacitação na área de TICs

20/10/2020
Reforma tributária é a mãe para melhorar o ambiente de negócios no Brasil

14/10/2020
Home office pode gerar renda extra anual de R$ 22 bi no Brasil

14/10/2020
Iniciativa multissetorial lança campanha informativa #FiqueEsperto

29/09/2020
Renda disponível das famílias pode aumentar mais de 40% com teletrabalho

09/09/2020
Governos precisam correr para serem digitais



Painel Telebrasil 2020 - Evento Digital - 08, 15, 22 e 29 de setembro 

Soluções para o 5G serão técnicas e Ministério das Comunicações fará diálogo com operadoras

Resultados de reunião entre empresas de telecomunicações associadas à Conexis e o ministro Fabio Faria foram considerados posit ...

LEIA MAIS



Leis da desoneração do IoT e que moderniza o Fust trazem avanços para as telecomunicações

Sanção do PL 172/2020, no entanto, deixou de fora mecanismo que daria maior efetividade aos investimentos em políticas públicas ...

LEIA MAIS



Mitsubishi Electric cria programa de capacitação gratuita nas novas tecnologias

Empresa global de automação centraliza os treinamentos em big data, machine learning e IoT. As aulas acontecem por meio de apre ...

LEIA MAIS



Organizações reclamam da falta de qualificação dos profissionais de Internet das Coisas

Lacuna de habilidades é um dos pontos críticos para o incremento dos negócios conectados, revela a pesquisa IoT Signals, produz ...

LEIA MAIS




Agência Telebrasil © 2018-2020 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações
A Reprodução do conteúdo da Agência Telebrasil é autorizada mediante a indicação da fonte