Agência Telebrasil
Expediente
Telebrasil



O SindiTelebrasil agora é Conexis Brasil Digital. Saiba mais.

Turismo será a próxima vertical a ganhar Câmara Setorial de IoT
Agência Telebrasil
15/09/2020

Internet das Coisas e a tecnologia 5G estão nas agendas de operadoras, fabricantes e de empresas privadas como a Vale. Para o MCTI, pandemia acelerou uma janela de oportunidades que vão exigir interação, construção coletiva e inovação.

A próxima vertical a ganhar uma Câmara Setorial para aplicação de Internet das Coisas (IoT) será Turismo. A informação foi dada pelo secretário de Empreendedorismo e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), Paulo Alvim, explicando que foi uma demanda das empresas que atuam nessa área. No ano passado, foram criadas as Câmaras da Indústria 4.0, do Agro, Cidades Inteligentes e, este ano, da Saúde 4.0.

Na sua avaliação, a pandemia da Covid-19 acelerou uma janela de oportunidades que vão exigir muita interação, construção coletiva e inovação não apenas para desenvolver produtos e serviços, mas também para garantir a acessibilidade. "Esse período nos mostrou como o acesso é importante para a população em todo o País", afirmou. Esse foi um dos motivos que também levou ao apoio de projetos via Finep ou Embrapii que usassem IoT.

Alvim ressaltou ainda que o órgão analisa 19 propostas relativas a centros de pesquisa de Inteligência Artificial (IA) e desenvolveu um trabalho que será divulgado em breve dentro do conceito de inovação aberta também para IA. Segundo ele, a chegada do 5G vai abrir oportunidades para empresas de todos os setores. Nesse quadro ele situa também as startups, que em breve ganharão uma proposta de regulamentação do ministério.

O executivo participou hoje à tarde do painel Conectando Mercados Verticais: oportunidades com IoT e 5G. Em relação à tributação de IoT, Alvim comentou que é preciso olhar para a economia digital de uma forma nova e não na estrutura fiscal em que vinha sendo tratada até agora. Daniela Martins, gerente de Relações Institucionais e Governamentais do SindiTelebrasil, que esteve no mesmo painel, considera essencial essa compreensão em relação a tributos para o desenvolvimento de todo o setor.

Débora Bortolassi, diretora de Operações Comerciais B2B da Vivo, ressaltou que IoT é um importante pilar para a operadora e toca de maneira transversal todas as linhas de negócios da empresa. "Há um mundo de oportunidades que passa por várias aplicações, como gestão de frota, carros conectados, agronegócio, cidades inteligentes e muitos outros", observou.

A Vivo quer fazer parte de diversos ecossistemas de inovação e, de acordo com a executiva, tem hoje em seu portfólio várias soluções, além da conectividade. Em relação ao 5G, Débora acredita que haverá uma mudança de patamar. "Vamos para outras perspectivas de aplicações, nas quais vamos conseguir prover tempo de resposta e velocidade de dados que são necessários para sistemas de missão crítica ou  que utilizem realidade aumentada e virtual", disse.

De acordo com Leonardo Finizola, diretor de Novos Negócios da Nokia, estamos vivendo um momento de renovação de estruturas empresariais e serviços. No caso da própria Nokia, também houve mudanças. "Para atender verticais, temos equipes que vão a campo, conhecer a fundo o consumidor final, seus problemas, e outras equipes que desenvolvem soluções com o apoio daqueles que foram a campo", explicou.

A empresa se preocupa com a formação de profissionais para atender a essas soluções customizadas nas verticais, motivo pelo qual fechou parceria com o Senai para a oferta de cursos. E valoriza muito as parcerias feitas para que se possa levar soluções adequadas para todos os setores da economia.

Mauro Fukuda, diretor de Tecnologia da Oi, disse que as parcerias são estratégicas para todos. Ele enfatizou que a empresa tem a Oi Soluções, capacitada para desenvolver soluções para qualquer área de negócios. "É preciso muita customização, as necessidades podem ser muito diferentes e mesmo na própria área de atuação os projetos podem ser diversos", ponderou.

Em relação ao 5G, o executivo engrossa o coro dos que consideram que haverá inúmeras oportunidades. "Essa tecnologia vai proporcionar modelos de negócios diferentes, vai exigir flexibilidade na cadeia produtiva e gerar uma infinidade de soluções", declarou.

Marcia Costa, gerente executiva de Tecnologia da Vale, ficou animada com o que acompanhou durante o Painel. "É muito bom ouvir que todos os setores estão mobilizados no movimento da conectividade", ressaltou, Para ela, o primeiro desafio na cultura empresarial é admitir que sempre há novas formas de rodar os negócios.

Ela também falou sobre o projeto de indústria 4.0 da mineradora, que inclui, entre outros tópicos, uma parceria com a Vivo para uma rede privada LTE nas 15 unidades de operação da companhia. A Nokia, tradicional fornecedora da empresa, também foi escolhida para fazer parte desse projeto.

Os debates sobre diversos temas terão sequência ao longo desta terça-feira 15, e nos dias 22 e 29 de setembro. As inscrições são gratuitas, e a programação completa do Painel pode ser acessada no site http://paineltelebrasil.org.br/.

LEIA TAMBÉM:

29/09/2020
Conexis Brasil Digital: Telecomunicações nos mantêm conectados ao que realmente importa

29/09/2020
BNDES quer ser o articulador para o Brasil ter mais infraestrutura

29/09/2020
Novas regras dão maior segurança para investimentos em telecom

29/09/2020
TIM: Brasil pode se tornar líder em 5G com Open RAN

29/09/2020
Segurança no 5G está no centro das atenções da Comissão Europeia

29/09/2020
Fórum 5G Brasil lança documento sobre o impacto da nova geração de comunicações móveis

29/09/2020
Nokia quer ser orquestrador do 5G brasileiro e defende estratégia Open RAN

29/09/2020
Adidas Brasil: mais que aumentar as vendas online, a hora é de inovar nos produtos

29/09/2020
Siemens do Brasil: grande revolução do 5G será a Internet das Coisas

29/09/2020
5G tornará a conexão entre veículos, condutores e passageiros mais segura, sustentável e divertida



Painel Telebrasil 2020 - Evento Digital - 08, 15, 22 e 29 de setembro 

Conexis Brasil Digital se posiciona acerca de eventuais restrições à participação de fornecedores na tecnologia 5G no Brasil

A Conexis Brasil Digital, nova marca do SindiTelebrasil, divulgou nesta sexta-feira, 27/11, um posicionamento acerca de eventua ...

LEIA MAIS



Projetos conjuntos de diferentes setores de infraestrutura devem mirar redução de custos

Política para novos investimentos em infraestrutura deve estimular o planejamento integrado de diferentes segmentos.

...

LEIA MAIS



Mitsubishi Electric cria programa de capacitação gratuita nas novas tecnologias

Empresa global de automação centraliza os treinamentos em big data, machine learning e IoT. As aulas acontecem por meio de apre ...

LEIA MAIS



Organizações reclamam da falta de qualificação dos profissionais de Internet das Coisas

Lacuna de habilidades é um dos pontos críticos para o incremento dos negócios conectados, revela a pesquisa IoT Signals, produz ...

LEIA MAIS




Agência Telebrasil © 2018-2020 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações
A Reprodução do conteúdo da Agência Telebrasil é autorizada mediante a indicação da fonte