Agência Telebrasil
Expediente


A Telebrasil
  • O evento
  • 21 a 23 Maio 2019
  • Brasília / DF

Telecomunicações precisam estar na agenda prioritária de Governo
Agência Telebrasil
08/06/2018

De acordo com o presidente da Telebrasil, Luiz Alexandre Garcia, a indústria está ávida para fazer investimentos, mas é preciso que se definam políticas públicas que deem prioridade ao Brasil Digital.

O setor de telecomunicações não está na agenda prioritária da Presidência da República, lamentou o presidente da Telebrasil, Luiz Alexandre Garcia, durante o Painel Telebrasil 2018, realizado de 22 a 24 de maio, em Brasília. Segundo ele, a indústria está ávida para fazer investimentos, mas precisa de políticas públicas que priorizem o Brasil Digital. “A digitalização é o caminho do século 21”, sustentou.

Em entrevista à Newsletter da Telebrasil, Luiz Alexandre Garcia enfatizou que há medidas a serem tomadas, agora, em prol da digitalização: a aprovação do PLC 79, que revisa o marco regulatório e desonera investimentos, a isenção do Fistel [Fundo de Fiscalização das Telecomunicações] para Internet das Coisas, e por fim, a permissão para a experimentação de serviços digitais, uma vez que não se conhece quais serão os novos hábitos dos consumidores.

Às prestadoras de telecomunicações, Garcia disse que a missão do setor é prover conectividade para toda a sociedade brasileira. “Não precisamos de capital, nem de tecnologia. Mas de políticas públicas.”

Medidas urgentes

No Painel Telebrasil 2018, a Associação Brasileira de Telecomunicações divulgou as Propostas do Painel Telebrasil 2018, com uma série de medidas para tornar o Brasil Digital.

No documento, entregue às autoridades presentes e que será encaminhado aos presidenciáveis, a Telebrasil enfatiza que “Telecomunicações são a infraestrutura digital do País, mas estão fora da agenda pública, limitadas por leis defasadas, regulamentos atrasados e complexos e obrigações desatualizadas.”

A entidade propõe uma atuação em quatro frentes de trabalho: 1) Todos os brasileiros conectados à internet; 2) Maior cobertura de celular e internet móvel e fixa; 3) Uso intensivo de IoT; e 4) Implantação de serviços de Cidades Inteligentes.

O documento sugere uma série de ações baseadas em atualização legal e regulatória, promoção da inclusão digital e redução das barreiras aos investimentos do setor privado.

Caso todas as medidas sejam contempladas, o setor se compromete a, até 2022, entregar:

Atendimento a 10 milhões de novos domicílios com internet em banda larga
Instalação de 50 mil novas antenas de celular e internet móvel no País
Ativação de mais de 100 milhões de dispositivos IoT
Implantação de serviços de Cidades Inteligentes em cidades com mais de 500 mil habitantes
Criação de 100 mil novos empregos
Qualificação de mais de 1 milhão de profissionais especializados

Leia a íntegra das Propostas do Painel Telebrasil 2018.

LEIA TAMBÉM:

07/09/2018
Painel TELEBRASIL 2019 será vitrine de soluções com TICs

01/08/2018
Expansão das telecomunicações garantiu crescimento econômico ao Brasil

01/08/2018
Legislação precisa migrar do passado para o futuro

31/07/2018
Anatel: números expressam o sucesso do modelo

31/07/2018
Vinte anos de privatização das telecomunicações

09/07/2018
Aprovação do PLC 79/16 abre espaço para mais serviços via satélite

18/06/2018
Tributo "Zero" para um Brasil no Século XXI

18/06/2018
Na era digital, o Brasil é o país que mais cobra impostos sobre os serviços aos consumidores

18/06/2018
Expansão da banda larga passa pelo uso correto dos fundos setoriais

18/06/2018
Como agente arrecador do Fisco, Anatel tem a missão de buscar a eficiência no setor


 

Transformação digital impõe estratégia para segurança e defesa cibernética

Governo faz teste com a indústria de telecomunicações para a adoção de medidas proativas a possíveis ataques. Empresas montam s ...

LEIA MAIS



Secretaria do Ministério da Economia advoga por tributação zero para IoT e leilão sem viés arrecadatório

Gabriel Fiuza, subsecretário da Secretaria de Desenvolvimento da Infraestrutura do Ministério da Economia, participa do Painel ...

LEIA MAIS



A economia digital é prioridade na agenda de companhias e governo

Na nova era, estratégias baseadas na utilização e massificação das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) são essenciai ...

LEIA MAIS



Novo Brasil se constrói com Transformação Digital e políticas públicas para TICs

Presidente da Associação Brasileira de Telecomunicações, Luiz Alexandre Garcia, apresentou sete medidas para acelerar a transfo ...

LEIA MAIS



Agência Telebrasil Copyright © 2018-2019 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações
A Reprodução do conteúdo da Agência Telebrasil é autorizada mediante a indicação da fonte