Agência Telebrasil
Expediente


A Telebrasil
  • O evento
  • 21 a 23 Maio 2019
  • Brasília / DF

Softex: Brasil vai perder R$ 167 bilhões nos próximos cinco anos por falta de profissionais de TICs
Agência Telebrasil
09/10/2018

Nas contas da Softex, o mercado brasileiro de Tecnologias da Informação e Comunicação deixará de faturar R$ 167 bilhões nos próximos cinco anos pela absoluta carência de profissionais em número suficiente para atender à demanda. E apesar de iniciativas bem-sucedidas como o programa Brasil Mais TI, o fosso tende a aumentar se não for feita uma revisão do sistema educacional, desde o básico até o ensino superior.

Em entrevista à Newsletter da Telebrasil, o presidente da entidade, Rubén Delgado, diz que o Brasil precisa implementar uma nova filosofia, em que a educação de empreendedorismo e de programação começa no ensino básico. O executivo adverte que, sem ações urgentes, o País está ficando para trás.

“O mundo todo tem essa preocupação e começa a trabalhar com jogos, com ‘legos’, com várias metodologias que ensinam as crianças a raciocinar no novo mundo. Mas ainda estamos dormindo em berço esplêndido. É, desde a educação básica, falar inglês, fazer ‘games’, programação. É cultural, para que as pessoas comecem a olhar esse mundo desde crianças”, afirma o presidente da Softex.

Levantamento da entidade aponta para 408 mil vagas em aberto na área de TICs em 2022. Delgado lamenta o fato de, hoje, as universidades não serem dinâmicas o suficiente para mudar seus currículos, para começar a formar esse profissional do futuro. Para o executivo, a hora exige mais velocidade.

“Temos aproximadamente 360 mil alunos no Brasil Mais TI, na base da pirâmide. Mas ainda assim precisamos de empreendedores e que as universidades formem mais rápido os profissionais, para eles começarem a trabalhar imediatamente e produzir, sem que o mercado tenha de capacitar novamente”, insiste Delgado.

Segundo ele, a dinâmica competitiva global exige respostas mais rápidas. “O perfil de um profissional hoje é de um empreendedor, que seja criativo, multidisciplinar, que saiba tecnicamente, para imediatamente botar a mão na massa para começar a trabalhar e produzir. O mundo tem pressa.” Assistam à entrevista com Rubén Delgado, presidente da Softex.

Softex - Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro

LEIA TAMBÉM:

05/04/2019
Brasil precisa se unir para qualificar mão de obra nas novas tecnologias

05/04/2019
Transformação digital avança, mas ainda há muito por fazer no Brasil

03/04/2019
Transformação Digital para o Novo Brasil é o tema do Painel Telebrasil 2019

13/03/2019
No Brasil, mais de 80% das empresas dizem precisar fazer mais pela transformação digital

05/02/2019
Para a Anatel, qualquer país com estratégia de desenvolvimento bem concebida tem telecom como prioridade

05/02/2019
Marcos Pontes quer trabalhar com a iniciativa privada para acelerar a adoção de TICs

05/02/2019
Multicloud, cibersegurança e Internet das Coisas lideram preferência de investimento na transformação digital

05/02/2019
BNDES seleciona 15 pilotos de Internet das Coisas para financiamento

05/02/2019
GSMA capitaneia compromisso global por responsabilidade digital

10/01/2019
Marcos Pontes: É hora de construir um País baseado em Ciência e Tecnologia


 

Começa o processo de cadastramento para atualizar dados de clientes do celular pré-pago

O recadastramento dos usuários junto às operadoras começará nesta quinta-feira, 18/04, pelo DDD 62, alcançando progressivamente ...

LEIA MAIS



Prestadoras de serviços de telecomunicações investiram R$ 30 bilhões em 2018

O montante representa um crescimento de 7% em relação a 2017. Os investimentos foram feitos especialmente em expansão de infrae ...

LEIA MAIS



Transformação Digital para o Novo Brasil é o tema do Painel Telebrasil 2019

O evento é o mais relevante e influente encontro de lideranças do setor de telecomunicações e acontecerá nos dias 21, 22 e 23 d ...

LEIA MAIS



Agência Telebrasil Copyright © 2018-2019 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações
A Reprodução do conteúdo da Agência Telebrasil é autorizada mediante a indicação da fonte