" /> São Paulo precisa de mais redes para ser uma cidade inteligente - Agência Telebrasil

Agência Telebrasil
Expediente


A Telebrasil

São Paulo precisa de mais redes para ser uma cidade inteligente
Agência Telebrasil
05/09/2018

O município de São Paulo precisa de conectividade e de mais infraestrutura para se tornar uma cidade inteligente, sustenta o secretário de Inovação e Tecnologia, Daniel Annenberg. Segundo ele, sem conectividade, não é possível desburocratizar os serviços. Por conta da legislação atual, há cinco anos as prestadoras não têm autorização para instalar uma estação radiobase (ERB) em área pública na capital paulista.

À Newsletter da Telebrasil, Daniel Annenberg garantiu que o Poder Executivo de São Paulo está fazendo todas as gestões possíveis junto à Câmara de Vereadores para agilizar a votação do PL 751/13. “Se a legislação atual não mudar, será muito difícil tornar São Paulo uma cidade inteligente”, advertiu. Otimista, o secretário disse acreditar na aprovação do PL o quanto antes. “O projeto tem todo o nosso apoio”, reforçou.

No ranking Cidades Amigas da Banda Larga, elaborado pela consultoria Teleco e divulgado no Painel Telebrasil 2018, São Paulo ocupa a penúltima colocação (99º), ficando à frente apenas de Brasília. O ranking classifica os municípios conforme as condições apresentadas (legislação, burocracia e custos) para a implantação de infraestrutura de rede.

Durante o workshop “Os desafios para a ampliação dos serviços de telecomunicações nos municípios”, realizado na Fiesp, Annenberg afirmou ainda que, aprovado o PL 751/13, a prefeitura se compromete a criar um sistema auto declaratório e eletrônico de licenciamento para reduzir a burocracia no processo.

O principal feito do PL 751/13 é mudar a conceituação de uma estação radiobase (ERB), que passa a ser um equipamento, e não mais uma edificação. Essa alteração faz, por exemplo, com que as prestadoras deixem de ser responsabilizadas caso um condomínio em que tenham instalado uma antena cometa alguma infração de ocupação do solo, mesmo sem qualquer relação com a antena.

Assistam à entrevista do secretário de Tecnologia e Inovação da prefeitura de São Paulo, Daniel Annenberg.

Fiesp: Federação das Indústrias do Estado de São Paulo

LEIA TAMBÉM:

18/10/2018
Mais de 1.200 novos pedidos de instalação de antenas de celular aguardam a aprovação da nova lei de SP

10/09/2018
Governo, Anatel e prestadoras criam força-tarefa para incentivar adequação dos municípios à Lei Geral das Antenas

07/09/2018
Conectividade de tudo só funciona com antenas

07/09/2018
São Paulo tem 700 pedidos na fila para instalação de antenas

05/09/2018
São Paulo precisa de mais redes para ser uma cidade inteligente

05/09/2018
Dados em movimento exigem mais infraestrutura de TICs

05/09/2018
Anatel: antenas de celulares não fazem mal à saúde dos brasileiros

23/08/2018
Aprovação do PL das Antenas na cidade de São Paulo é urgente para a oferta de serviços digitais, concordam Prefeitura e prestadoras




 

Na era digital, o Brasil é o país que mais cobra impostos sobre os serviços aos consumidores

Serviços bons e mais baratos dependem de políticas públicas que permitam baixar a carga de quase 50% de impostos paga hoje pelo ...

LEIA MAIS



Painel TELEBRASIL 2019 será vitrine de soluções com TICs

A edição 63 do Painel Telebrasil, que acontecerá nos dias 21, 22 e 23 de maio de 2019, em Brasília, terá como atração o FórumGo ...

LEIA MAIS



Banda larga móvel puxa o crescimento econômico

Estudo da União Internacional de Telecomunicações mostra que, a cada 10% de penetração das conexões internet, o Produto Interno ...

LEIA MAIS



Brasil despenca em ranking de competitividade

País ocupa a 125ª posição em habilidades digitais e é o penúltimo colocado, perdendo apenas para a Venezuela, como prepara ...

LEIA MAIS



Agência Telebrasil Copyright © 2018 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações
A Reprodução do conteúdo da Agência Telebrasil é autorizada mediante a indicação da fonte