Agência Telebrasil
Expediente


A Telebrasil
  • 22, 23 e 24 de Maio, 2018
  • Royal Tulip Alvorada - Brasília / DF

São Paulo e Porto Alegre trabalham para ter uma legislação mais favorável à infraestrutura
Agência Telebrasil
08/06/2018

A prefeitura de São Paulo quer mudar a imagem da cidade e fomentar a instalação de infraestrutura de telecomunicações para ampliar a oferta de internet e telefonia em todas as regiões do município. E a grande aposta é a aprovação, ainda em junho, de uma nova lei que desvincula as estações radiobase (ERBs) das teles daquelas das edificações e equipamentos.

“Vamos criar uma licença para a instalação de infraestrutura de telecomunicações, com uma concessão rápida e automática”, antecipou o secretário de Governo da prefeitura de São Paulo, Júlio Semeghini. A cidade de São Paulo ocupa a penúltima colocação no ranking Cidades Amigas da Internet, elaborado pela consultoria Teleco. A posição ruim deve-se ao fato de o município possuir legislação restritiva para a instalação de ERBs, impor uma burocracia nos processos e estabelecer custos elevados às prestadoras de telecomunicações.

Em entrevista à Newsletter da Telebrasil, durante o Painel Telebrasil 2018, realizado de 22 a 24 de maio, em Brasília, Semeghini sustentou que a ordem é mudar esse cenário. O secretário disse acreditar que a nova lei já estará em vigor no segundo semestre. “Precisamos ter mais infraestrutura até para atender o 4G, que se massifica, e o 5G, que está chegando”, enfatizou.

Assista à entrevista com Júlio Semeghini.

Também considerada uma cidade restritiva à infraestrutura de telecomunicações, Porto Alegre quer alterar a sua legislação para massificar o acesso à internet e à telefonia. Em entrevista à Newsletter da Telebrasil, o procurador-geral adjunto de Domínio Público, Urbanismo e Meio-Ambiente, Nelson Marisco, disse que está encaminhando um Projeto de Lei à Câmara de Vereadores que retira a exigência de licença ambiental para as estações radiobase.

“Temos a convicção que é possível fazer essa ação”, sublinhou. O objetivo é mudar a legislação em um prazo de até seis meses. Assista à entrevista com Nelson Marisco.

LEIA TAMBÉM:

18/06/2018
Tributo "Zero" para um Brasil no Século XXI

18/06/2018
Na era digital, o Brasil é o país que mais cobra impostos sobre os serviços aos consumidores

18/06/2018
Expansão da banda larga passa pelo uso correto dos fundos setoriais

18/06/2018
Como agente arrecador do Fisco, Anatel tem a missão de buscar a eficiência no setor

18/06/2018
Relator detalha proposta para mudar sistema tributário no Brasil

18/06/2018
Serviços de telecomunicações são singulares, essenciais e estruturantes

18/06/2018
Proposta do Centro de Cidadania Fiscal prevê extinção de impostos e criação de IVA único

18/06/2018
Brasil errou ao deixar que os estados assumissem a tributação de setores estratégicos

17/06/2018
Fundos setoriais: setor precisa levar posição do TCU ao Supremo Tribunal Federal

12/06/2018
Telecomunicações enumera ações para levar Internet para mais brasileiros






Na era digital, o Brasil é o país que mais cobra impostos sobre os serviços aos consumidores

Serviços bons e mais baratos dependem de políticas públicas que permitam baixar a carga de quase 50% de impostos paga hoje pelo ...

LEIA MAIS



Jornal Correio Braziliense traz caderno especial com debates e propostas do Painel Telebrasil 2018

O jornal Correio Braziliense traz em sua edição desta terça-feira (5) um caderno especial com os temas e debates realizados no ...

LEIA MAIS



Agência Telebrasil Copyright © 2018 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações
A Reprodução do conteúdo da Agência Telebrasil é autorizada mediante a indicação da fonte