Agência Telebrasil
Expediente


A Telebrasil

Prestadoras de serviços de telecom investiram R$ 6,9 bi no 1º trimestre
Agência Telebrasil
24/06/2020

Levantamento do SindiTelebrasil mostra que, apesar dos desafios como a elevada carga tributária e o alto custo regulatório, os investimentos no 1º trimestre de 2020 foram 6% acima do que o mesmo período do ano passado.

As prestadoras de serviços de telecomunicações investiram no Brasil R$ 6,9 bilhões no primeiro trimestre de 2020. Segundo levantamento do SindiTelebrasil, esse montante representa um aumento de 6% em relação ao mesmo período do ano passado, mesmo com os desafios impostos pelo alto custo regulatório e pela elevada carga tributária, que é de 46,7% em média. Durante 2019, os investimentos do setor foram de R$ 33 bilhões.

Os recursos foram aplicados especialmente em expansão das redes e melhoria da cobertura e da qualidade dos serviços. “Os investimentos foram fundamentais para manter a conectividade da população desde o início da crise provocada pela Covid-19. E a conectividade é fundamental para o avanço da economia e para a melhoria da qualidade de vida das pessoas”, avalia o presidente executivo do SindiTelebrasil, Marcos Ferrari.

O avanço da inclusão digital, na opinião dele, passa obrigatoriamente pela redução da carga tributária e atualização de legislações, especialmente as leis municipais de instalação de antenas, para permitir um avanço ainda maior dos serviços. Ferrari lembra ainda que os eventuais efeitos da pandemia nos números só devem aparecer de forma mais evidente no balanço do 2º trimestre.

Trilhão

Desde a privatização, em 1998, o setor privado de telecomunicações investiu mais de um trilhão de reais (R$ 1,026 trilhão) em valores atualizados e incluindo o pagamento de outorgas. Esses investimentos levaram o Brasil a ter uma das maiores infraestruturas de telecomunicações do mundo, com 306 milhões de acessos, entre os serviços de internet, telefonia móvel e fixa, e TV por assinatura.

O balanço do primeiro trimestre mostra ainda que a receita bruta do setor foi de R$ 60,6 bilhões nos três primeiros meses do ano, permanecendo praticamente estável em relação ao mesmo período do ano passado, que foi de R$ 60,1 bilhões.

LEIA TAMBÉM:

24/06/2020
Prestadoras de serviços de telecom investiram R$ 6,9 bi no 1º trimestre

17/06/2020
Fábio Faria assume o comando do Ministério das Comunicações

15/06/2020
Conectividade é plataforma para o desenvolvimento socioeconômico

15/06/2020
Telecom mostra ser essencial para apoiar a economia

15/06/2020
Digitalização abre oportunidades para a oferta de novos serviços

15/06/2020
Retomada brasileira passa pelos serviços de telecom

04/06/2020
Brasil soma 234 milhões de smartphones ativos

13/05/2020
Para o CGI.br, é preciso remover barreiras legislativas que impedem a instalação de redes de telecom

11/05/2020
Gargalos impõem limites ao alcance do investimento, diz Ferrari em live do Teletime

11/05/2020
Doze estados e 14 prefeituras já usam a plataforma das operadoras para identificar concentrações




Brasil alcança 100 mil antenas de telefonia e internet móvel, mas precisa de muito mais

O ritmo do licenciamento de antenas pelas prefeituras precisa ser acelerado, com a atualização de lei municipais e mudanças nos ...

LEIA MAIS



Prestadoras de serviços de telecom investiram R$ 6,9 bi no 1º trimestre

Levantamento do SindiTelebrasil mostra que, apesar dos desafios como a elevada carga tributária e o alto custo regulatório, os ...

LEIA MAIS



Mitsubishi Electric cria programa de capacitação gratuita nas novas tecnologias

Empresa global de automação centraliza os treinamentos em big data, machine learning e IoT. As aulas acontecem por meio de apre ...

LEIA MAIS



Organizações reclamam da falta de qualificação dos profissionais de Internet das Coisas

Lacuna de habilidades é um dos pontos críticos para o incremento dos negócios conectados, revela a pesquisa IoT Signals, produz ...

LEIA MAIS



Agência Telebrasil Copyright © 2018-2020 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações
A Reprodução do conteúdo da Agência Telebrasil é autorizada mediante a indicação da fonte