Agência Telebrasil
Expediente
Telebrasil



O SindiTelebrasil agora é Conexis Brasil Digital. Saiba mais.

Plataforma das operadoras para medir isolamento social gerou 1,3 milhão de índices
Agência Telebrasil
30/11/2020

A ferramenta Big Data Mapas de Calor conta com a parceria das empresas Hugtak, Imagem/Esri e Microsoft, responsáveis pela solução e organização das informações das operadoras em auxílio às autoridades no combate à Covid-19.

Durante oito meses de operação, a plataforma Big Data Mapas de Calor, criada pelas operadoras móveis de telecom para auxiliar no combate à Covid-19, gerou 1,3 milhão de índices de isolamento social. Por dia, a plataforma trabalhou com mais de 1 bilhão de registros feitos pelas 106 mil antenas de celular das operadoras.

A plataforma, que está em operação desde abril deste ano, conta com a parceria das empresas Hugtak, Imagem/Esri, e Microsoft, que oferecem de forma gratuita a ferramenta aos governos e prefeituras que aderiram ao projeto. Essas empresas atuam na coleta, tratamento, processamento, armazenagem em nuvem e aplicação de georreferenciamento, produzindo os mapas de calor e os índices de isolamento e aglomeração.

"Essa parceria foi fundamental para que as informações das antenas de celular das operadoras fossem organizadas de maneira a permitir às autoridades uma leitura atualizada da situação e a definição de ações de enfrentamento à pandemia, tudo de forma gratuita", comentou o presidente executivo da Conexis Brasil Digital, Marcos Ferrari. A Conexis coordena o projeto, desenvolvido pelas operadoras Claro, Oi, TIM e Vivo em conjunto com a ABR Telecom e com as empresas parceiras.

Os dados já foram utilizados por 17 estados e 22 municípios, que cobrem 90% da população brasileira, embora a ferramenta disponibilize os índices de todos os municípios brasileiros. Para continuar auxiliando as autoridades, o projeto, que inicialmente se encerrava em setembro, foi estendido até 31 de dezembro deste ano.

A plataforma começou sua operação medindo os índices de isolamento social, fornecendo dados diários sobre o cumprimento da quarentena. Em julho, a ferramenta evoluiu para a identificação de pontos de aglomeração de pessoas, aumentando a granularidade e permitindo a visualização de bairros e zonas específicas.

A plataforma usa dados estatísticos, agregados e anônimos, a partir da quantidade de celulares que estão conectados a uma determinada antena. Além de não se tratar de dados pessoais, as informações seguem estritamente a legislação aplicável, inclusive a Lei Geral de Proteção de Dados.

Pode ter acesso à plataforma, que está disponível para estados, capitais e municípios com mais de 500 mil habitantes, os governantes assinaram com as operadoras acordo de cooperação técnica. Essa medida se soma a inúmeras iniciativas do setor de telecom, que tem sido vital no enfrentamento à pandemia e essencial para a retomada da economia.
 

LEIA TAMBÉM:

30/11/2020
Plataforma das operadoras para medir isolamento social gerou 1,3 milhão de índices

14/10/2020
Home office pode gerar renda extra anual de R$ 22 bi no Brasil

13/08/2020
Classes C, D e E aumentaram o consumo de Internet com a Covid-19

14/07/2020
Operadoras passam a oferecer visão mais detalhada de aglomerações

14/05/2020
30 governos já usam plataforma das operadoras para medir isolamento social

13/05/2020
Teletrabalho: trabalhadores dizem que modalidade veio para ficar no pós-Covid-19



Painel Telebrasil 2020 - Evento Digital - 08, 15, 22 e 29 de setembro 

Soluções para o 5G serão técnicas e Ministério das Comunicações fará diálogo com operadoras

Resultados de reunião entre empresas de telecomunicações associadas à Conexis e o ministro Fabio Faria foram considerados posit ...

LEIA MAIS



Leis da desoneração do IoT e que moderniza o Fust trazem avanços para as telecomunicações

Sanção do PL 172/2020, no entanto, deixou de fora mecanismo que daria maior efetividade aos investimentos em políticas públicas ...

LEIA MAIS



Mitsubishi Electric cria programa de capacitação gratuita nas novas tecnologias

Empresa global de automação centraliza os treinamentos em big data, machine learning e IoT. As aulas acontecem por meio de apre ...

LEIA MAIS



Organizações reclamam da falta de qualificação dos profissionais de Internet das Coisas

Lacuna de habilidades é um dos pontos críticos para o incremento dos negócios conectados, revela a pesquisa IoT Signals, produz ...

LEIA MAIS




Agência Telebrasil © 2018-2020 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações
A Reprodução do conteúdo da Agência Telebrasil é autorizada mediante a indicação da fonte