Agência Telebrasil
Expediente


A Telebrasil

Oferta de espectro é prioridade da Anatel até 2020
Agência Telebrasil
27/12/2018

A oferta de espectro é prioridade na agenda regulatória proposta pela Anatel para os anos de 2019 e 2020. Destaques são a implantação do 5G e o leilão da faixa de 3,5 GHz, mas engordam a lista as fatias de 1427 a 1518 MHz, 2300-2400 MHz, 4800-4990 MHz e ainda sobras em 700 MHz e 2,5 GHz.

O plano é começar a implantação do 5G pela faixa de 3,5 GHz, tendo o presidente da agência, Leonardo de Morais, sinalizado para o fim de 2019 ou começo de 2020. Mas a agenda regulatória abriu espaço maior para o tema da quinta geração, conforme propôs o relator Emmanoel Campelo.

“Trata-se, na verdade, da avaliação e estabelecimento das condições regulatórias para que o 5G possa ser implantado adequadamente no País. Resta bastante claro que o 5G demandará regramento específico e possivelmente não único, o que ensejará, minimamente, revisão do arcabouço relacionado a qualidade, obrigações, fiscalização e consumidores.”

Também na agenda a redução de barreiras regulatórias à expansão das aplicações de Internet das Coisas e comunicações máquina a máquina. E a expectativa de revisão do marco legal do setor pelo Congresso Nacional manteve em discussão no Conselho Diretor as reavaliações de regime e escopo dos serviços, dos bens reversíveis e dos contratos de concessão.

Das 51 ações elencadas na agenda regulatória, 37 já estão em andamento e 14 são novas. Completam a lista daquelas marcadas como prioridade os regulamentos sobre serviços de emergência e segurança das redes; gestão da qualidade; fiscalização; arrecadação e regimento interno.

Questões relacionadas à franquia na banda larga, direitos dos consumidores, sanções (RASA), postes, liberdade tarifária, revisão tarifária, femtocélulas e recursos de numeração estão na massa de ações ordinárias elencadas também para o biênio.

Anatel - Agência Nacional das Telecomunicações
RASA - Regulamento de Aplicação de Sanções Administrativas

LEIA TAMBÉM:

13/03/2019
Governo terá política estratégica para o 5G e Internet das Coisas

13/03/2019
5G torna-se a estrada da nova era digital

13/03/2019
Brasil projeta 5 milhões de conexões 5G em 2022

13/03/2019
No Brasil, mais de 80% das empresas dizem precisar fazer mais pela transformação digital

05/02/2019
Para a Anatel, qualquer país com estratégia de desenvolvimento bem concebida tem telecom como prioridade

05/02/2019
Marcos Pontes quer trabalhar com a iniciativa privada para acelerar a adoção de TICs

05/02/2019
Multicloud, cibersegurança e Internet das Coisas lideram preferência de investimento na transformação digital

05/02/2019
GSMA capitaneia compromisso global por responsabilidade digital

10/01/2019
Marcos Pontes: É hora de construir um País baseado em Ciência e Tecnologia

27/12/2018
Oferta de espectro é prioridade da Anatel até 2020




 

Pesquisa de satisfação da Anatel confirma melhoria em todos os indicadores dos serviços de telecom

Telefonia móvel é o serviço mais bem avaliado no levantamento da agência reguladora, feito com 103 mil pessoas em todo o País.< ...

LEIA MAIS



Na era digital, o Brasil é o país que mais cobra impostos sobre os serviços aos consumidores

Serviços bons e mais baratos dependem de políticas públicas que permitam baixar a carga de quase 50% de impostos paga hoje pelo ...

LEIA MAIS



Painel TELEBRASIL 2019 será vitrine de soluções com TICs

A edição 63 do Painel Telebrasil, que acontecerá nos dias 21, 22 e 23 de maio de 2019, em Brasília, terá como atração o FórumGo ...

LEIA MAIS



5G torna-se a estrada da nova era digital

Especialistas presentes no Mobile World Congress 2019 projetam que a tecnologia móvel vai contribuir com US$ 2,2 trilhões para ...

LEIA MAIS



Brasil projeta 5 milhões de conexões 5G em 2022

Grande impulsionador do tráfego móvel de dados continua sendo o vídeo. Estudo mostra que, em 2022, o tráfego móvel mundial atin ...

LEIA MAIS



Agência Telebrasil Copyright © 2018-2019 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações
A Reprodução do conteúdo da Agência Telebrasil é autorizada mediante a indicação da fonte