Agência Telebrasil
Expediente


A Telebrasil

Mercado de TICs somou R$ 349,65 bilhões no Brasil
Agência Telebrasil
07/09/2018

O mercado brasileiro de Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) somou, em 2017, R$ 349,65 bilhões (com o dólar a R$ 3,33), ou US$ 105 bilhões, e retomou a sexta posição – ocupada pela França em 2016 –, de acordo com dados de pesquisa feita pela consultoria IDC, a pedido da ABES.

O setor de telecom respondeu por US$ 67,144 bilhões, ou R$ 223,58 bilhões, e o setor de TI, somando software, serviços e hardware, contabilizou US$ 38,095 bilhões, ou R$ 126,8 bilhões. O mercado global de TICs ficou em US$ 3,55 trilhões, com os Estados Unidos ocupando a primeira posição.

O levantamento, divulgado em agosto, durante o evento ABES Conference, realizado em São Paulo, mostra que o Brasil se manteve na 9ª colocação no ranking mundial de software e serviços, com um mercado de US$ 18,6 bilhões (equivalente a cerca de 1,6% do total mundial, que girou em torno de US$ 1,14 bilhão em 2017).

O País está muito próximo do tamanho dos mercados de nações como Holanda e Itália, que ocupam as 10ª e 11ª posições, respectivamente, e pouco atrás da Austrália, 8ª colocada na lista. O estudo projeta um crescimento de 4,1% do mercado brasileiro de tecnologia da informação em 2018, seguindo tendências como o amadurecimento das tecnologias ligadas à Internet das Coisas.

De acordo com a IDC, em 2018, IoT movimentará US$ 8 bilhões no Brasil, sendo US$ 612 milhões no mercado doméstico, com 4% das residências já utilizando algum tipo de dispositivo conectado. No mundo, os principais casos de sucesso de IoT estão ligados ao monitoramento de frotas (US$ 917 milhões), redes inteligentes de energia (US$ 884 milhões) e monitoramento remoto de saúde (US$ 400 milhões).

Outro movimento constatado é a expansão do mercado de tablets e smartphones para o ramo corporativo (que, em 2018, terá um volume de vendas estimado em 3,5 milhões de unidades, ou pouco mais de US$ 1 bilhão no Brasil, representando 6% do total). Também vão impulsionar o mercado de TICs, os negócios ligados à adoção da computação em nuvem.

O mercado brasileiro de software como serviço (SaaS, na sigla em inglês) aumentou 28,1% em 2017 em comparação a 2016, totalizando US$ 611 milhões, ou R$ 2,44 bilhões. O segmento de SaaS tem três vezes o tamanho do mercado de plataforma como serviço (PaaS), com US$ 204 milhões, mas este último foi o que mais cresceu: 36,9% na relação anual.

O relatório também mostra a evolução de software de business intelligence e analytics na camada de aplicações, que cresceu 2% entre 2016 e 2017, passando de US$ 298 milhões a US$ 304 milhões. As aplicações para gerenciamento de desempenho empresarial são as mais representativas no montante, respondendo por US$ 91,7 milhões, seguidas das aplicações de análise de operação de serviço, com US$ 45,4 milhões.

Clique aqui para baixar o estudo “2018 - Mercado Brasileiro de Software: Panorama e Tendências”.

ABES: Associação Brasileira das Empresas de Software





 

Na era digital, o Brasil é o país que mais cobra impostos sobre os serviços aos consumidores

Serviços bons e mais baratos dependem de políticas públicas que permitam baixar a carga de quase 50% de impostos paga hoje pelo ...

LEIA MAIS



Painel TELEBRASIL 2019 será vitrine de soluções com TICs

A edição 63 do Painel Telebrasil, que acontecerá nos dias 21, 22 e 23 de maio de 2019, em Brasília, terá como atração o FórumGo ...

LEIA MAIS



Banda larga móvel puxa o crescimento econômico

Estudo da União Internacional de Telecomunicações mostra que, a cada 10% de penetração das conexões internet, o Produto Interno ...

LEIA MAIS



Brasil despenca em ranking de competitividade

País ocupa a 125ª posição em habilidades digitais e é o penúltimo colocado, perdendo apenas para a Venezuela, como prepara ...

LEIA MAIS



Agência Telebrasil Copyright © 2018 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações
A Reprodução do conteúdo da Agência Telebrasil é autorizada mediante a indicação da fonte