Agência Telebrasil
Expediente


A Telebrasil

Governo, Anatel e prestadoras criam força-tarefa para incentivar adequação dos municípios à Lei Geral das Antenas
Agência Telebrasil
10/09/2018

Mobilização é para mostrar aos gestores públicos que quanto mais infraestrutura disponível, melhores serão os serviços prestados ao cidadão e mais recursos serão destinados à economia local.

Uma articulação mobiliza o governo federal, por meio do MCTIC, a Anatel, a indústria de equipamentos e as prestadoras de telecomunicações: em caravana, representantes desses órgãos e empresas vão percorrer as maiores cidades do País para tentar convencer prefeitos e vereadores que quanto mais antenas de celular, melhores serviços vão ser fornecidos ao cidadão e mais recursos serão revertidos à economia local.

Em entrevista à Newsletter da Telebrasil, o diretor de Banda Larga do MCTIC, Artur Coimbra, explicou que a intenção é procurar os municípios com menores índices no ranking Cidades Amigas da Banda Larga, divulgado em maio no Painel Telebrasil 2018, observando ainda o critério de densidade populacional. Entre os locais contemplados estão São Paulo/SP, Fortaleza/CE, Florianópolis/SC, Belo Horizonte/MG e Londrina/PR, além do Distrito Federal.

Coimbra adianta que governo, agência e mercado concordaram em um procedimento de visitas institucionais aos maiores municípios brasileiros nos quais ainda se verifica uma necessidade maior de compatibilização das legislações locais com a Lei Geral das Antenas, que prevê 60 dias no máximo para a emissão de licenças de instalação das estações radiobase.

Artur Coimbra participou do workshop “Desafios para a ampliação de infraestrutura e serviços de telecomunicações”, realizado em agosto na Fiesp e que contou com a participação de especialistas do setor e representantes do MCTIC, da Anatel, das prestadoras de telecomunicações e de autoridades do município de São Paulo. Assistam à entrevista com o diretor de Banda Larga do MCTIC.

Anatel: Agência Nacional de Telecomunicações
Fiesp: Federação das Indústrias do Estado de São Paulo
MCTIC: Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações

LEIA TAMBÉM:

01/04/2020
Legislação municipal atualizada garante investimento em conectividade nas cidades

01/04/2020
Antenas têm participação grande no atendimento ao aumento de demanda, especialmente na periferia, avalia o presidente da Abrintel

01/04/2020
Prefeito de Campinas edita decreto para autorizar instalação automática de antenas de celular e internet móvel

12/02/2020
Ferrari defende no Senado políticas públicas para a expansão ainda maior dos serviços

19/12/2019
Estudo da Anatel comprova que celulares não fazem mal à saúde

06/12/2019
Brasil já tem mais de 151 milhões de celulares 4G

06/12/2019
Fique Antenado! E entenda o papel das antenas na economia digital

06/12/2019
Iniciativa para fomentar a conectividade tem MCTIC e Anatel como incentivadores

05/12/2019
Brasileiros exigem conectividade como insumo essencial

05/12/2019
MCTIC endossa ação do SindiTelebrasil para massificar instalação de antenas no Brasil




Usuários de serviços de telecom pagaram R$ 65 bilhões em tributos no ano passado

Recolhimento foi o mais alto dos últimos 20 anos, tanto em volume arrecadado quanto em percentual sobre a receita.

...

LEIA MAIS



30 governos já usam plataforma das operadoras para medir isolamento social

Durante a live “Mobile Big Data no combate à pandemia”, do Mobile Time, o presidente-executivo do ...

LEIA MAIS



Mitsubishi Electric cria programa de capacitação gratuita nas novas tecnologias

Empresa global de automação centraliza os treinamentos em big data, machine learning e IoT. As aulas acontecem por meio de apre ...

LEIA MAIS



Organizações reclamam da falta de qualificação dos profissionais de Internet das Coisas

Lacuna de habilidades é um dos pontos críticos para o incremento dos negócios conectados, revela a pesquisa IoT Signals, produz ...

LEIA MAIS



Agência Telebrasil Copyright © 2018-2020 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações
A Reprodução do conteúdo da Agência Telebrasil é autorizada mediante a indicação da fonte