Agência Telebrasil
Expediente


A Telebrasil

Febratel: subsidiar o diesel com o Fust é desconectar os brasileiros
Agência Telebrasil
04/07/2018

Em informe divulgado nesta quarta-feira, 04/7, nos jornais Valor Econômico, Folha de São Paulo e Correio Brasiliense, A Federação Brasileira de Telecomunicações, Febratel, divulgou um posicionamento contrário ao uso dos recursos do FUST, Fundo de Universalização das Telecomunicações, para subsidiar o preço do diesel para os caminhoneiros. "Ao destinar recursos do FUST, o governo estará optando pelo caminho do atraso, da desconexão dos brasileiros", pontua o comunicado da Febratel.

O setor alerta que os fundos setoriais, como o Fust, o Fistel e o Funttel, devem ser usados para a ampliação do acesso à Internet do cidadão brasileiro. Mas, como reforça o comunicado, 'desde 2000, quando o Fust foi criado, nem um real, de um total de R$ 21 bilhões arrecadados, foi utilizado para o objetivo principal, que é a universalização dos serviços'.

A Febratel adverte que os fundos setoriais pesam no bolso do cidadão brasileiro, que já paga quase 50% de impostos na sua conta dos serviços de telecomunicações. A entidade lembra que são recolhidos R$ 60 bilhões de tributos ao ano, o que significa R$ 7 milhões por hora. "Com a decisão do governo, cada um dos 235 milhões de celulares ativos vai financiar também o desconto no diesel".

Para a Febratel, essa é uma equação que não fecha mais. " Precisamos usar os recursos para incluir pessoas e levar os serviços a distritos e regiões remotas, hoje sem cobertura. Conectar os brasileiros deve ser a prioridade do País', conclui o informe da Federação Brasileira de Telecomunicações.

Em maio, logo após o movimento de paralisação dos caminhoneiros, o presidente Michel Temer publicou a Medida Provisória nº 839, onde abre crédito extraordinário no valor de R$ 9,850 bilhões, e para o Fust, a reserva de contingência financeira com "recursos provenientes de receitas próprias e e vinculadas" é no valor fiscal de R$ 777.126.483, para o subsidio do preço do diesel para os caminhoneiros.

LEIA TAMBÉM:

17/09/2018
Telebrasil participa de debate sobre programa de fomentos para o período 2019/2022 no Rio Info 2018

01/08/2018
Privatização ampliou recursos de Pesquisa & Desenvolvimento em telecomunicações

09/07/2018
Cobrança de taxas inviabiliza Internet das Coisas

04/07/2018
Febratel: subsidiar o diesel com o Fust é desconectar os brasileiros

22/05/2018
Satélite deve ser considerado para a evolução do 5G no Brasil

22/05/2018
Mudança tributária é exigência para adequar o Brasil à era digital

22/05/2018
Relator propõe arrancada final para votar reforma tributária até julho




 

Na era digital, o Brasil é o país que mais cobra impostos sobre os serviços aos consumidores

Serviços bons e mais baratos dependem de políticas públicas que permitam baixar a carga de quase 50% de impostos paga hoje pelo ...

LEIA MAIS



Painel TELEBRASIL 2019 será vitrine de soluções com TICs

A edição 63 do Painel Telebrasil, que acontecerá nos dias 21, 22 e 23 de maio de 2019, em Brasília, terá como atração o FórumGo ...

LEIA MAIS



Banda larga móvel puxa o crescimento econômico

Estudo da União Internacional de Telecomunicações mostra que, a cada 10% de penetração das conexões internet, o Produto Interno ...

LEIA MAIS



Brasil despenca em ranking de competitividade

País ocupa a 125ª posição em habilidades digitais e é o penúltimo colocado, perdendo apenas para a Venezuela, como prepara ...

LEIA MAIS



Agência Telebrasil Copyright © 2018 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações
A Reprodução do conteúdo da Agência Telebrasil é autorizada mediante a indicação da fonte