Agência Telebrasil
Expediente


A Telebrasil
  • 22, 23 e 24 de Maio, 2018
  • Royal Tulip Alvorada - Brasília / DF

Estímulo ao mercado de TICs é crucial para evitar a defasagem digital
Agência Telebrasil
24/05/2018

O Brasil ainda está defasado com relação aos países mais desenvolvidos no que se refere à relevância do setor de TICs. Para corrigir essa rota, o País, que ocupa atualmente a 30ª posição no Global Connectivity Index (CGI), não pode mais adiar o fortalecimento desse mercado. O alerta foi feito por Márcia Ogawa, sócia-líder da área de Tecnologia, Mídia e Telecomunicações da Deloitte, keynote do painel Uma agenda estratégica para o Brasil Digital, no Painel Telebrasil 2018.

Na sua apresentação, a sócia-líder da Deloitte antecipou alguns dos resultados do estudo “Insights sobre transformação digital e oportunidades no setor de TICs do Brasil – algumas recomendações”, contratado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, com lançamento previsto para junho, sobre a importância dos ecossistemas digitais no Brasil. A pesquisa leva em conta cinco áreas prioritárias: 5G; infraestrutura de fibra ótica, cloud, sistemas de cidades segura e inteligentes (safe city) e educação.

Márcia Ogawa destacou também a importância de eventos como o Painel Telebrasil para promover debates em relação ao ecossistema digital e ao desenvolvimento do mercado de TICs.

“Que posição o Brasil deseja ter? Orquestrador desse ecossistema ou orquestrado? Para assumirmos a posição de orquestrador, é imperativo que haja um fortalecimento das TICs. É preciso fomentar uma densidade tecnológica maior”, provocou a executiva. Ela ressaltou a importância de o Brasil fazer lições de casa no que se refere aos avanços da padronização no 5G, cobertura de longa distância e compartilhamento de fibra ótica. “É fundamental haver uma mudança de cultura, o que é intangível”, sinalizou.

Segundo a keynote, não existe um setor de TICs desenvolvido apenas por meio de leis; é preciso estimular a educação para haver pessoas capacitadas a atuarem nele. “Temos que promover uma transformação de cultura e educação no País. É fundamental iniciar um movimento para que todos tenham o poder de influenciar essa mudança de cultura de valores para estimular crianças a gostarem de carreiras da engenharia, sobretudo, as meninas. Elas precisam ter orgulho disso”, completou.

LEIA TAMBÉM:

18/06/2018
Tributo "Zero" para um Brasil no Século XXI

18/06/2018
Na era digital, o Brasil é o país que mais cobra impostos sobre os serviços aos consumidores

18/06/2018
Expansão da banda larga passa pelo uso correto dos fundos setoriais

18/06/2018
Como agente arrecador do Fisco, Anatel tem a missão de buscar a eficiência no setor

18/06/2018
Relator detalha proposta para mudar sistema tributário no Brasil

18/06/2018
Serviços de telecomunicações são singulares, essenciais e estruturantes

18/06/2018
Proposta do Centro de Cidadania Fiscal prevê extinção de impostos e criação de IVA único

18/06/2018
Brasil errou ao deixar que os estados assumissem a tributação de setores estratégicos

17/06/2018
Fundos setoriais: setor precisa levar posição do TCU ao Supremo Tribunal Federal

12/06/2018
Telecomunicações enumera ações para levar Internet para mais brasileiros






Na era digital, o Brasil é o país que mais cobra impostos sobre os serviços aos consumidores

Serviços bons e mais baratos dependem de políticas públicas que permitam baixar a carga de quase 50% de impostos paga hoje pelo ...

LEIA MAIS



Jornal Correio Braziliense traz caderno especial com debates e propostas do Painel Telebrasil 2018

O jornal Correio Braziliense traz em sua edição desta terça-feira (5) um caderno especial com os temas e debates realizados no ...

LEIA MAIS



Agência Telebrasil Copyright © 2018 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações
A Reprodução do conteúdo da Agência Telebrasil é autorizada mediante a indicação da fonte