Agência Telebrasil
Expediente


A Telebrasil

Conectividade de tudo só funciona com antenas
Agência Telebrasil
07/09/2018

As restrições e a demora para o licenciamento de novas antenas de celular já prejudicam e tendem a afetar os futuros serviços de telecomunicações. Como destaca o presidente da consultoria Teleco, Eduardo Tude, as leis municipais que inviabilizam a instalação de infraestrutura atrapalham o uso das novas tecnologias pelos brasileiros.

“A gente caminha para uma conectividade de tudo. Carro autônomo, casa conectada, monitoramento da saúde. Mas os atuais 7 milhões de M2M em São Paulo têm que virar 70 milhões em pouco tempo, ou todos esses aparelhos não vão funcionar”, diz Eduardo Tude. “Como vamos ter pessoas com medidor de saúde para comunicar ao médico, se está tudo congestionado porque não tem antenas? É isso que vai acontecer no Brasil. As tecnologias vão se desenvolver no mundo e não vamos conseguir usar aqui”, lamenta.

Embora a Lei Geral das Antenas, aprovada em 2015 no Congresso Nacional, determine aos municípios responder aos pedidos de licenciamento em no máximo 60 dias, na prática tem sorte quem consegue a autorização antes de seis meses, sendo o prazo de um ano o mais comum.

Como explica o especialista, sem infraestrutura de telecomunicações, os usuários são os mais diretamente prejudicados, porque as falhas de cobertura interferem no uso dos serviços. “Nada funciona direito sem antena. O próprio 4G hoje funciona, mas a cobertura é mais limitada, há buracos, zonas dentro de casa onde não pega, porque não tem mais antenas”, explica Tude. “O 5G vai ser a mesma coisa. Não quer dizer que não vamos ter o 5G, mas ele também terá a cobertura limitada. Quem sofre é o usuário, que fica sem sinal em todos os lugares.”

O presidente da consultoria Teleco, Eduardo Tude, participou do workshop “Os desafios para a ampliação dos serviços de telecomunicações nos municípios”, realizado na Fiesp, no dia 22 de agosto. Assistam à entrevista com o especialista.

Fiesp: Federação das Indústrias do Estado de São Paulo

LEIA TAMBÉM:

10/09/2018
Governo, Anatel e prestadoras criam força-tarefa para incentivar adequação dos municípios à Lei Geral das Antenas

07/09/2018
Conectividade de tudo só funciona com antenas

07/09/2018
São Paulo tem 700 pedidos na fila para instalação de antenas

05/09/2018
São Paulo precisa de mais redes para ser uma cidade inteligente

05/09/2018
Dados em movimento exigem mais infraestrutura de TICs

05/09/2018
Anatel: antenas de celulares não fazem mal à saúde dos brasileiros

23/08/2018
Aprovação do PL das Antenas na cidade de São Paulo é urgente para a oferta de serviços digitais, concordam Prefeitura e prestadoras




 

Painel TELEBRASIL 2019 será vitrine de soluções com TICs

A edição 63 do Painel Telebrasil, que acontecerá nos dias 21, 22 e 23 de maio de 2019, em Brasília, terá como atração o FórumGo ...

LEIA MAIS



Na era digital, o Brasil é o país que mais cobra impostos sobre os serviços aos consumidores

Serviços bons e mais baratos dependem de políticas públicas que permitam baixar a carga de quase 50% de impostos paga hoje pelo ...

LEIA MAIS



Aprovação do PL das Antenas na cidade de São Paulo é urgente para a oferta de serviços digitais, concordam Prefeitura e prestadoras

Nos últimos cinco anos, apenas uma licença foi concedida na capital paulista. Os desafios para a ampliação dos serviços de tele ...

LEIA MAIS



Telebrasil participa de debate sobre programa de fomentos para o período 2019/2022 no Rio Info 2018

Debate reúne FINEP, FIRJAN e BNDES, com a moderação de Cesar Rômulo Silveira Neto, presidente do conselho diretor do projeto &l ...

LEIA MAIS



Prestadoras móveis investem US$ 15 bilhões por ano em novas redes na América Latina

Estudo da GSMA mostra que, hoje, mais de um terço das conexões - 35% - da região já opera em 4G. Até 2023, os vídeos móveis vão ...

LEIA MAIS



Agência Telebrasil Copyright © 2018 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações
A Reprodução do conteúdo da Agência Telebrasil é autorizada mediante a indicação da fonte