Agência Telebrasil
Expediente
Telebrasil



O SindiTelebrasil agora é Conexis Brasil Digital. Saiba mais.

Celular é usado por 98% dos estudantes brasileiros para acessar a internet
Agência Telebrasil
10/06/2020

Pesquisa TIC Educação 2019, do Cetic.br, mostra ainda que 39% dos alunos das escolas públicas não têm computador ou tablet em casa.O levantamento constata ainda que apenas 28% das escolas urbanas contavam com um ambiente de ensino a distância.

O telefone celular é utilizado para acessar a rede por 98% dos alunos, sendo este o único dispositivo de acesso para 18% dos respondentes da pesquisa TIC Educação 2019, divulgada nesta terça-feira, 09/06, pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), por meio do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br).

O levantamento apura que o acesso exclusivo pelo celular foi maior entre os alunos que residem nas regiões Norte (25%) e Nordeste (26%) e entre os estudantes de escolas públicas urbanas (21%). Em relação à presença de outros dispositivos de acesso à rede nos domicílios, 29% dos alunos de escolas urbanas contam com um tablet em casa, 35% com um computador de mesa e 41% com um computador portátil. Mas a pesquisa contabilizou que 39% dos alunos de escolas públicas não possuem nenhum destes dispositivos em casa, o que pode dificultar a realização de atividades pedagógicas de forma remota.

"Grande parte das políticas públicas na área da educação têm como foco a conectividade na escola, agora o grande desafio é prover aos jovens conectividade nos domicílios, para garantir que tenham acesso à educação. Mas também é muito importante revisitar as políticas públicas para a aquisição de PCs, notebooks, tablets para as casas. Um bom ensino é a combinação de internet + dispositivo apropriado", relata Alexandre Barbosa, gerente do Cetic.br.

A TIC Educação 2019 apurou ainda que apenas 28% das escolas localizadas em áreas urbanas contavam com um ambiente ou plataforma de aprendizagem a distância. Os dados mostram que esse tipo de plataforma voltada para o ensino a distância estava presente em apenas 14% das escolas públicas urbanas e 64% das particulares urbanas. Em 2018, esse dado era de 17% e 47%, respectivamente.

A pesquisa também revela que em 2019 aumentou a presença em redes sociais das escolas localizadas em áreas urbanas: 79% possuem perfil ou página em redes sociais, sendo 73% entre as públicas e 94% entre as particulares - números que eram de 67% e 76% em 2018, respectivamente. De acordo com a TIC Educação 2019, as redes sociais são um dos principais canais de interação entre a escola e a família: na rede pública, 54% dessas instituições afirmam utilizá-las como meio de comunicação com os pais ou responsáveis, enquanto na rede privada, este percentual foi de 79%. Por outro lado, o e-mail institucional é utilizado por apenas 16% das escolas públicas e de 63% das particulares.

LEIA TAMBÉM:

09/11/2020
Redes de 4G já estão em 5.016 municípios

04/09/2020
Redes de 4G chegam a cerca de 5 mil municípios brasileiros

15/06/2020
Digitalização abre oportunidades para a oferta de novos serviços

10/06/2020
Celular é usado por 98% dos estudantes brasileiros para acessar a internet

26/05/2020
Celular é usado por 99% dos usuários da Internet no Brasil

05/02/2020
Brasil ativa 24 milhões de novos celulares 4G em 2019

06/12/2019
Brasil já tem mais de 151 milhões de celulares 4G

04/12/2019
Comissão da Câmara aprova silêncio positivo em 90 dias para antenas de celular

04/12/2019
Uma cidade inteligente só funciona com conectividade, diz Ferrari em audiência no Senado

03/12/2019
Portal Fique Antenado! tem MCTIC e Anatel como incentivadores



Painel Telebrasil 2020 - Evento Digital - 08, 15, 22 e 29 de setembro 

Aprovação dos PLs da desoneração de IoT e de modernização da lei do Fust é marco para as telecomunicações

Projetos de lei foram aprovados pelo Senado Federal e são fundamentais para a expansão da conectividade e da produtividade no B ...

LEIA MAIS



Brasil precisa reduzir gap entre novas habilidades e fronteira tecnológica

País precisa avançar na qualificação de mão de obra para reduzir o gap existente entre a exigência de novas habilidades e a fro ...

LEIA MAIS



Mitsubishi Electric cria programa de capacitação gratuita nas novas tecnologias

Empresa global de automação centraliza os treinamentos em big data, machine learning e IoT. As aulas acontecem por meio de apre ...

LEIA MAIS



Organizações reclamam da falta de qualificação dos profissionais de Internet das Coisas

Lacuna de habilidades é um dos pontos críticos para o incremento dos negócios conectados, revela a pesquisa IoT Signals, produz ...

LEIA MAIS




Agência Telebrasil © 2018-2020 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações
A Reprodução do conteúdo da Agência Telebrasil é autorizada mediante a indicação da fonte