Agência Telebrasil
Expediente


A Telebrasil

Celular é o principal meio de acesso à Internet dos estudantes no Brasil
Agência Telebrasil
23/08/2018

Noventa e sete por cento dos estudantes brasileiros – de escolas públicas e privadas das regiões urbanas – acessam a Internet por meio de seus celulares. O número não muda por região. Para 18% dos alunos, o smartphone é o dispositivo exclusivo de acesso à rede. Os dados fazem parte da 8ª edição da pesquisa TIC Educação 2017, organizada pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), e divulgada nesta quarta-feira, 22/08.

“A pesquisa comprova que o celular, de fato, se transformou no principal dispositivo de acesso à Internet, em especial para crianças e adolescentes em faixa etária escolar”, afirma o coordenador da pesquisa, Fabio Senne. O estudo destaca ainda que os smartphones se transformaram em bons aliados de professores e administradores de escolas no interior. Tanto é assim que 48% deles usam smartphones em atividades administrativas. Porém, apenas 3% dos aparelhos são da escola. Para 5%, os planos ou créditos são custeados pela escola, enquanto o restante dos profissionais paga por conta própria pela linha móvel.

Esses profissionais usam os aparelhos por diferentes motivos: 44%, para entrar em contato com a secretaria de educação; 39%, para se comunicar com os responsáveis dos alunos; 35%, para enviar mensagens de texto; 35%, para enviar mensagem por aplicativos; 32%, para acessar sites da Internet; 34%, para acessar programas de gestão escolar; 32%, para acessar redes sociais; e 30%, para enviar e-mails.

Enquanto a Internet e o smartphone entram na sala de aula, o TIC Educação 2017 aponta que pelo menos 40% dos professores de escolas urbanas brasileiras já ajudaram algum aluno a enfrentar situações desconfortáveis ocorridas durante o uso da internet, como bullying, discriminação, assédio e disseminação de imagens sem consentimento.
Para preparar os alunos a enfrentarem essas questões, 76% dos coordenadores pedagógicos de escolas públicas e 96% de escolas particulares afirmaram que as instituições promoveram atividades de orientação para os alunos.

Contudo, apenas 18% das escolas públicas e 41% das particulares realizaram palestras, debates ou cursos sobre o uso responsável da Internet nos últimos 12 meses. A pesquisa foi realizada em escolas públicas, exceto as federais, e privadas, com turmas de 5º ano ou 9º ano do ensino fundamental, ou do 2º ano do ensino médio, numa amostra selecionada de 1.347 escolas. Dessas escolas, 957 foram selecionadas, sendo entrevistados 957 diretores, 884 coordenadores pedagógicos, 1.015 professores (de língua portuguesa, matemática e de anos iniciais do Ensino Fundamental), além de 10.866 alunos. As entrevistas foram presenciais a partir de questionário estruturado. A íntegra da pesquisa pode ser acessada aqui.

LEIA TAMBÉM:

23/08/2018
Smartphones estão no top 3 da preferência do consumidor na compra pela Internet

23/08/2018
Celular é o principal meio de acesso à Internet dos estudantes no Brasil

02/08/2018
4G alcança 4071 municípios no Brasil

24/07/2018
Metade dos brasileiros conectados acessa à Internet exclusivamente pelo celular

09/07/2018
Com mais infraestrutura, PMEs aumentam o consumo de internet no Brasil

09/07/2018
Aprovação do PLC 79/16 abre espaço para mais serviços via satélite

01/07/2018
BNDES financia ecossistema de Internet das Coisas

12/06/2018
Telecomunicações enumera ações para levar Internet para mais brasileiros




 

Painel TELEBRASIL 2019 será vitrine de soluções com TICs

A edição 63 do Painel Telebrasil, que acontecerá nos dias 21, 22 e 23 de maio de 2019, em Brasília, terá como atração o FórumGo ...

LEIA MAIS



Na era digital, o Brasil é o país que mais cobra impostos sobre os serviços aos consumidores

Serviços bons e mais baratos dependem de políticas públicas que permitam baixar a carga de quase 50% de impostos paga hoje pelo ...

LEIA MAIS



Aprovação do PL das Antenas na cidade de São Paulo é urgente para a oferta de serviços digitais, concordam Prefeitura e prestadoras

Nos últimos cinco anos, apenas uma licença foi concedida na capital paulista. Os desafios para a ampliação dos serviços de tele ...

LEIA MAIS



Telebrasil participa de debate sobre programa de fomentos para o período 2019/2022 no Rio Info 2018

Debate reúne FINEP, FIRJAN e BNDES, com a moderação de Cesar Rômulo Silveira Neto, presidente do conselho diretor do projeto &l ...

LEIA MAIS



Prestadoras móveis investem US$ 15 bilhões por ano em novas redes na América Latina

Estudo da GSMA mostra que, hoje, mais de um terço das conexões - 35% - da região já opera em 4G. Até 2023, os vídeos móveis vão ...

LEIA MAIS



Agência Telebrasil Copyright © 2018 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações
A Reprodução do conteúdo da Agência Telebrasil é autorizada mediante a indicação da fonte