Agência Telebrasil
Expediente


A Telebrasil

Brasil soma 234 milhões de smartphones ativos
Agência Telebrasil
04/06/2020

País possui 424 milhões de dispositivos digitais ativos, adicionando os desktops, notebooks e tablets, revela a 31ª Pesquisa Anual do FGVcia/São Paulo. Hoje, apura o estudo, se vende quatro smartphones para uma TV.

O Brasil soma 424 milhões de dispositivos digitais - desktop de mesa, notebook, tablet e smartphone - em uso no Brasil, ou em média, quase dois dispositivos digitais por pessoa, de acordo com estudo divulgado nesta quinta-feira, 04/06, pelo FGVcia, Centro de Tecnologia de Informação Aplicada da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV-EAESP) sobre o mercado de Tecnologia da Informação.

Em 2019, o Brasil somava 420 milhões de dispositivos digitais, sempre com os smartphones ganhando forte destaque, representando, hoje, 55,1% de todos os dispositivos ativos. Em relação à quantidade de smartphone, a pesquisa aponta que o País permanece com mais de 1 por habitante em uso no Brasil. Ao todo, são 234 milhões de celulares inteligentes (smartphones). Ao adicionar notebooks e tablets, são 342 milhões de dispositivos portáteis em junho 2020, ou seja, 1,6 dispositivo portátil por habitante.

O levantamento, feito a partir de amostras com 2.622 médias e grandes empresas, apura que, hoje, vende-se quatro smartphones para uma TV e uma TV por cada computador, tanto no Brasil, Estados Unidos e no mundo. "Através dos resultados divulgados, podemos observar que está cada vez mais comprovado o processo de Transformação Digital das empresas e da sociedade. Com PCs e smartphones temos a relevância da tecnologia para o Brasil", revela Fernando Meirelles, coordenador do estudo.

Ao ser indagado sobre o cenário para 2020, o professor Meirelles disse que o aumento do trabalho em home office apresenta uma tendência de maior uso e de venda de computadores. Os smartphones, acrescenta o executivo, também têm um novo cenário.  "Muitas pessoas, em função da pandemia, especialmente nas classes C, D e E buscaram, no começo da pandemia, atualizar seus dispositivos para poder ter acesso a novos aplicativos e ferramentas como a da educação a distância", completa.

O estudo mostra ainda a preocupação das empresas em investir em tecnologia, uma vez que o gasto e investimento em TI cresceu para 8% da receita das empresas em 2019, mesmo com a crise econômica e se manteve estável em relação a 2018. "As companhias entendem que tecnologia não é um gasto. É um investimento para consolidar os negócios. Este ano, a pandemia acelerou a transformação digital e a digitalização, o que reverterá em mais aporte em big data", exemplifica Fernando Meirelles, que conduz esse levantamento há 31 anos.

LEIA TAMBÉM:

24/06/2020
Prestadoras de serviços de telecom investiram R$ 6,9 bi no 1º trimestre

17/06/2020
Fábio Faria assume o comando do Ministério das Comunicações

15/06/2020
Conectividade é plataforma para o desenvolvimento socioeconômico

15/06/2020
Telecom mostra ser essencial para apoiar a economia

15/06/2020
Digitalização abre oportunidades para a oferta de novos serviços

15/06/2020
Retomada brasileira passa pelos serviços de telecom

04/06/2020
Brasil soma 234 milhões de smartphones ativos

13/05/2020
Para o CGI.br, é preciso remover barreiras legislativas que impedem a instalação de redes de telecom

11/05/2020
Gargalos impõem limites ao alcance do investimento, diz Ferrari em live do Teletime

11/05/2020
Doze estados e 14 prefeituras já usam a plataforma das operadoras para identificar concentrações




Brasil alcança 100 mil antenas de telefonia e internet móvel, mas precisa de muito mais

O ritmo do licenciamento de antenas pelas prefeituras precisa ser acelerado, com a atualização de lei municipais e mudanças nos ...

LEIA MAIS



Prestadoras de serviços de telecom investiram R$ 6,9 bi no 1º trimestre

Levantamento do SindiTelebrasil mostra que, apesar dos desafios como a elevada carga tributária e o alto custo regulatório, os ...

LEIA MAIS



Mitsubishi Electric cria programa de capacitação gratuita nas novas tecnologias

Empresa global de automação centraliza os treinamentos em big data, machine learning e IoT. As aulas acontecem por meio de apre ...

LEIA MAIS



Organizações reclamam da falta de qualificação dos profissionais de Internet das Coisas

Lacuna de habilidades é um dos pontos críticos para o incremento dos negócios conectados, revela a pesquisa IoT Signals, produz ...

LEIA MAIS



Agência Telebrasil Copyright © 2018-2020 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações
A Reprodução do conteúdo da Agência Telebrasil é autorizada mediante a indicação da fonte