Agência Telebrasil
Expediente
Telebrasil



O SindiTelebrasil agora é Conexis Brasil Digital. Saiba mais.

Brasil precisa reduzir gap entre novas habilidades e fronteira tecnológica
Agência Telebrasil
17/11/2020

País precisa avançar na qualificação de mão de obra para reduzir o gap existente entre a exigência de novas habilidades e a fronteira tecnológica, defendeu o presidente executivo da Conexis Brasil Digital, Marcos Ferrari, ao participar de live sobre “Capacitação e emprego do futuro".

O Brasil precisa avançar na qualificação de mão de obra para reduzir o gap existente entre a exigência de novas habilidades e a fronteira tecnológica, defendeu o presidente executivo da Conexis Brasil Digital, Marcos Ferrari, ao participar de live sobre “Capacitação e emprego do futuro”, nesta terça-feira (17).
Para isso, é necessária uma mudança de mentalidade tanto dos formuladores de políticas públicas quanto do empresariado. “Essa mudança na capacidade de formular a política pública voltada para essas novas habilidades vai ser um ponto fundamental para que possamos reduzir essa distância que há entre o que é necessário e que se tem hoje ofertado”, afirmou.

Citando o Ranking de Competitividade do Fórum Econômico Mundial, Ferrari pontuou que o Brasil perdeu 15 posições entre 2013 e 2019, ocupando o 71º lugar entre 141 países. Ele lembrou também que a taxa de desocupação no Brasil entre os mais jovens está em torno de 30% e que a de subocupação está em cerca de 40%, cenário que foi agravado com a pandemia da Covid-19.

“Esses dados nos preocupam, pois uma série de novas habilidades serão exigidas nesse novo cenário e estamos sempre correndo atrás do futuro”, afirmou, observando que as novas tecnologias estão promovendo uma transformação digital na sociedade, como o 5G, Internet das Coisas, digitalização, computação em nuvem, big data, comércio eletrônico, inteligência artificial, criptografia, robôs etc.

Segundo ele, embora a pandemia tenha acelerado o processo de digitalização do emprego e da adoção do home office, a renda ainda é um fator limitante no Brasil. “O mundo todo nesta pandemia mudou para o trabalho remoto, tanto corporações quanto escolas, mas observamos que quanto menor a renda per capta menor o número de pessoas que conseguiu trabalhar remotamente.

Ferrari avaliou que, se por um lado as novas tecnologias estão mudando radicalmente os modelos de negócios das empresas, por outro estão demandando uma mão de obra preparada para o ambiente de transformação digital. A estimativa, segundo o Banco Mundial, é de 85 milhões de empregos podem ser substituídos até 2025 por uma mudança na divisão de trabalho entre humanos e máquinas e que 97 milhões de novos papeis podem surgir adaptados à essa nova divisão de trabalho.

Por fim, Ferrari pontuou que o 5G e a Internet das Coisas vão proporcionar um grande salto em produtividade nos países que estiverem preparados para essa transformação, mas exigirão antes disso uma série de mudanças estruturais de ordem regulatória e legal e investimento em formação profissional. “O Brasil precisa urgentemente de política públicas que estimulem sua competitividade global e a formação e “recapacitação” do capital humano é fundamental nesse momento de transformação digital”, acrescentou.

LEIA TAMBÉM:

17/11/2020
Brasil precisa reduzir gap entre novas habilidades e fronteira tecnológica

06/01/2020
Incentivar a qualificação de mão de obra é oportunidade para o Brasil

06/01/2020
Sete dos 10 empregos mais difíceis de preencher estão no setor de TICs

11/07/2019
Brasil tem de ensinar as profissões do futuro

11/07/2019
Congresso precisa se sensibilizar para demanda de mão de obra em TICs

11/07/2019
Profissional do futuro é atento, curioso e despreza a zona de conforto

11/07/2019
Para governo, qualificação em TICs deve começar na escola

11/07/2019
Setor de TICs é que sabe onde estão as maiores demandas de qualificação

11/07/2019
Competitividade brasileira virá com mão de obra mais qualificada

11/07/2019
Competitividade brasileira virá com mão de obra mais qualificada



Painel Telebrasil 2020 - Evento Digital - 08, 15, 22 e 29 de setembro 

Plataforma das operadoras para medir isolamento social gerou 1,3 milhão de índices

A ferramenta Big Data Mapas de Calor conta com a parceria das empresas Hugtak, Imagem/Esri e Microsoft, responsáveis pela soluç ...

LEIA MAIS



Conexis Brasil Digital se posiciona acerca de eventuais restrições à participação de fornecedores na tecnologia 5G no Brasil

A Conexis Brasil Digital, nova marca do SindiTelebrasil, divulgou nesta sexta-feira, 27/11, um posicionamento acerca de eventua ...

LEIA MAIS



Mitsubishi Electric cria programa de capacitação gratuita nas novas tecnologias

Empresa global de automação centraliza os treinamentos em big data, machine learning e IoT. As aulas acontecem por meio de apre ...

LEIA MAIS



Organizações reclamam da falta de qualificação dos profissionais de Internet das Coisas

Lacuna de habilidades é um dos pontos críticos para o incremento dos negócios conectados, revela a pesquisa IoT Signals, produz ...

LEIA MAIS




Agência Telebrasil © 2018-2020 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações
A Reprodução do conteúdo da Agência Telebrasil é autorizada mediante a indicação da fonte