Agência Telebrasil
Expediente


A Telebrasil

Brasil já ativou 20 milhões de novos celulares 4G em 2018
Agência Telebrasil
02/10/2018

De janeiro a agosto, 341 novos municípios receberam as redes de 4G. Ao todo, 4.164 municípios têm infraestrutura de quarta geração de telefonia e internet móvel.

O Brasil já ativou desde o início do ano 20 milhões novos chips de 4G, alcançando um total de 122,6 milhões de celulares de quarta geração em operação no País. De janeiro a agosto de 2018, segundo balanço da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil), 341 novos municípios receberam as redes 4G, somando 4.164 municípios conectados, onde moram 94,6% da população brasileira.

A cobertura de quarta geração apresentou nos últimos 12 meses um crescimento de 37%, o que é quatro vezes superior à última obrigação estabelecida nos leilões das licenças de serviços móveis, de 1.079 municípios.

A cobertura de 3G também se ampliou, alcançando 5.319 municípios, onde moram 99,4% da população brasileira. No período de 12 meses, de setembro de 2017 a agosto deste ano, 228 novos municípios receberam as redes de 3G, ultrapassando em muito a obrigação atual de cobertura, que é de 3.917 municípios.

No total, o Brasil já conta com 208 milhões de acessos à internet pela rede móvel. Considerados os acessos fixos e móveis, os dados de agosto mostram um total de 238,4 milhões de acessos no País. Destes, 30,5 milhões são em banda larga fixa, segmento que cresceu 9,2% em 12 meses, com 2,6 milhões de novos acessos.

Essa disponibilidade, de quase 100%, mostra que os serviços de celular e internet móvel no Brasil são para todos. Além disso, os preços do Brasil estão entre os mais baratos do mundo, em quarto lugar, segundo levantamento da Consultoria Teleco, atrás apenas da Índia, China e Rússia, na internet pré-paga.

Estudo recente divulgado pela Teleco mostrou que nos últimos cinco anos, o preço do minuto do celular caiu 43%, alcançando R$ 0,08. Essa trajetória acentuada de queda contrasta com outros serviços públicos, que tiveram altas superiores a 50% no período. As telecomunicações e as Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), melhoram a produtividade e a competitividade e são essenciais para o desenvolvimento sustentável do País. Para isso, precisam ser consideradas como prioridade nacional.

LEIA TAMBÉM:

06/12/2019
Brasil já tem mais de 151 milhões de celulares 4G

04/12/2019
Comissão da Câmara aprova silêncio positivo em 90 dias para antenas de celular

04/12/2019
Uma cidade inteligente só funciona com conectividade, diz Ferrari em audiência no Senado

03/12/2019
Portal Fique Antenado! tem MCTIC e Anatel como incentivadores

23/10/2019
Conectividade leva desenvolvimento, afirma ministro Marcos Pontes

23/10/2019
Telecom, junto com água e energia, é condição básica de competitividade dos brasileiros, diz Semeghini

02/10/2019
Brasil já tem mais de 145 milhões de celulares 4G

05/09/2019
14 milhões de novos celulares 4G foram ativados desde o início do ano

28/08/2019
Sete em cada 10 brasileiros usam a internet

07/08/2019
A cada dois dias um novo município é conectado com redes 4G no Brasil




Fique Antenado! E entenda o papel das antenas na economia digital

Portal criado pelo SindiTelebrasil reúne conteúdos e dicas para esclarecer a população, prefeituras e vereadores sobre a instal ...

LEIA MAIS



Futuro do trabalho: Saiba quais são os 10 comportamentos essenciais para ser um profissional em TICs

Inteligência emocional, pensamento analítico, criatividade são alguns dos comportamentos exigidos no novo modelo de trabalho. E ...

LEIA MAIS



Mitsubishi Electric cria programa de capacitação gratuita nas novas tecnologias

Empresa global de automação centraliza os treinamentos em big data, machine learning e IoT. As aulas acontecem por meio de apre ...

LEIA MAIS



Organizações reclamam da falta de qualificação dos profissionais de Internet das Coisas

Lacuna de habilidades é um dos pontos críticos para o incremento dos negócios conectados, revela a pesquisa IoT Signals, produz ...

LEIA MAIS



Agência Telebrasil Copyright © 2018-2019 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações
A Reprodução do conteúdo da Agência Telebrasil é autorizada mediante a indicação da fonte