Agência Telebrasil
Expediente


A Telebrasil

Banda larga móvel puxa o crescimento econômico
Agência Telebrasil
05/11/2018

Estudo da União Internacional de Telecomunicações mostra que, a cada 10% de penetração das conexões internet, o Produto Interno Bruto é puxado em 0,8%, se forem acessos fixos, e até 1,5% no caso da banda larga móvel.

A banda larga puxa o crescimento econômico, especialmente a móvel, mostra um estudo da União Internacional de Telecomunicações. Segundo a entidade, cada 10% de penetração das conexões internet puxa o Produto Interno Bruto em 0,8%, se forem acessos fixos, e até 1,5% no caso da banda larga móvel.

“Esse estudo foi construído a partir de anos de dados robustos e confiáveis. As conclusões reforçam a defesa de uma ampla adoção das tecnologias digitais e de políticas digitais ao redor do globo e é instrumental como evidência para a tomada de decisões dos países membros da UIT”, avalia o diretor do Escritório de Desenvolvimento em Telecomunicações da entidade, Brahima Sanou.

O trabalho da UIT demonstra a importância do ambiente regulatório e das variáveis institucionais para o crescimento do ecossistema digital. Segundo o estudo, a conectividade para serviços digitais está fortemente relacionada ao avanço de políticas para as TICs, bem como da competição e do ambiente regulatório.

A digitalização, por outro lado, traz impacto mais parecido com o da banda larga móvel. O aumento de 1% no desenvolvimento do ecossistema digital resulta em avanço de 0,13% no PIB. Mas o impacto é maior em países mais desenvolvidos – o avanço de 1% resulta em impacto de 0,14% nessas nações, enquanto nos países não desenvolvidos o aumento é de 0,10%.

“Os investimentos no ecossistema digital são direta e positivamente influenciados pela maturidade do quadro regulatório das tecnologias da informação e comunicação, bem como de seu ambiente competitivo”, diz o órgão da ONU para as telecomunicações. O estudo defende que o aumento da penetração do acesso à internet é um dos aspectos que os países precisam levar em consideração na definição de políticas, uma vez que o ecossistema digital favorável traz impactos positivos para a produtividade.

Clique aqui e tenha acesso à íntegra do estudo: https://www.itu.int/en/ITU-D/Regulatory-Market/Documents/FINAL_1d_18-00513_Broadband-and-Digital-Transformation-E.pdf

UIT - União Internacional de Telecomunicações

LEIA TAMBÉM:

17/06/2019
Prazo para recadastramento de clientes de celular pré-pago em Goiás é estendido até 5 de julho

23/05/2019
5G vai conectar coisas e pessoas, mas precisa de apoio

23/05/2019
Futuro da TV por assinatura depende de novas regras

22/05/2019
A economia digital é prioridade na agenda de companhias e governo

22/05/2019
Mulheres em TICs: equidade de gêneros faz bem aos negócios

22/05/2019
Transformação digital exige nova abordagem quanto à regulação

22/05/2019
Rodrigo Maia: as telecomunicações são um setor decisivo e estratégico

22/05/2019
Rodrigo Maia: as telecomunicações são um setor decisivo e estratégico

22/05/2019
A economia digital é prioridade na agenda de companhias e governo

22/05/2019
Edital do 5G prevê a maior oferta de espectro da história da Anatel




Hospital Santa Paula investe na personalização do atendimento com transformação digital

Instituição adota novas tecnologias, mas, mais do que tudo, investe na qualificação do profissional para lidar com as novas fer ...

LEIA MAIS



Só com mão de obra capacitada, o Brasil terá uma agricultura 4.0

Com o maior uso de tecnologia, há uma demanda significativa de profissionais para o campo com o domínio de TICs, diz a chefe-ge ...

LEIA MAIS



A economia digital é prioridade na agenda de companhias e governo

Na nova era, estratégias baseadas na utilização e massificação das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) são essenciai ...

LEIA MAIS



Agência Telebrasil Copyright © 2018-2019 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações
A Reprodução do conteúdo da Agência Telebrasil é autorizada mediante a indicação da fonte