Agência Telebrasil
Expediente


A Telebrasil

Área técnica da Anatel avalia novas faixas de espectro para o 5G
Agência Telebrasil
05/11/2018

Além da faixa de 3,5 GHz, que está sendo avaliada no Conselho Diretor, especialistas da agência estudam a faixa de 1,5 GHz e também o uso da faixa de 26 GHz, revela o gerente de Espectro, Órbita e Radiodifusão, Agostinho Linhares.

O gerente de Espectro, Órbita e Radiodifusão da Anatel, Agostinho Linhares, disse à Newsletter da Telebrasil que o Brasil não vai trabalhar na faixa de 28 GHz, como os Estados Unidos. Os esforços do País ficarão na faixa de 26 GHz, que deverá ser liberada – se houver quatro operadoras interessadas em pelo menos 400 MHz para cada uma delas.

Linhares afirmou ainda que a agência reguladora está atenta à aplicação do espectro de 1,5 GHz como faixa suplementar para downlink, mas que isso ainda está em discussão. A Anatel, explicou, está seguindo uma recomendação da Citel para aplicação de link suplementar (como portadora agregada a outras faixas), mas a UIT discute também uma utilização completa com modulações TDD e FDD. A ideia da agência brasileira é liberar pelo menos 90 MHz nessa faixa.

O especialista também comentou que a área técnica estuda as faixas de 2,3 GHz e 2,4 GHz e que o Conselho Diretor da Anatel avalia o uso da faixa de 3,5 GHz para o 5G. Nos dias 28 a 30 de novembro, acontece no Rio de Janeiro a 6ª edição do Global 5G Event. Realizado pelo 5G Brasil em parceria com instituições congêneres da China, Coreia do Sul, Estados Unidos, Japão e União Europeia, o evento será palco de discussão sobre os últimos avanços em pesquisa e desenvolvimento sobre tecnologias 5G. Mais informações sobre o evento e a programação estão disponíveis no site http://6thglobal5geventbrazil.org.br/

Assistam à entrevista com o gerente de Espectro, Órbita e Radiodifusão da Anatel, Agostinho Linhares, sobre os estudos relativos ao 5G.

Citel - Comissão Interamericana de Telecomunicações
UIT - União Internacional de Telecomunicações

LEIA TAMBÉM:

17/06/2019
Prazo para recadastramento de clientes de celular pré-pago em Goiás é estendido até 5 de julho

11/06/2019
Huawei: TICs são a base da era das coisas conectadas e inteligentes

11/06/2019
Brasil Digital passa por uma mudança de cultura

11/06/2019
Nokia: Para trazer mais investimentos, o Brasil precisa de reformas macro e microeconômicas

11/06/2019
Ericsson: um ano de atraso na implantação do 5G e o governo deixará de arrecadar R$ 25 bilhões até 2025

11/06/2019
Aprovação do PLC 79/16 é essencial para políticas públicas de inclusão digital

11/06/2019
Cobertura e qualidade de serviços dependem de avanços nas condições de investir e instalar redes

11/06/2019
Conectividade é crucial à transformação digital

04/06/2019
Brasil sobe três posições, mas ainda segue nas últimas posições do ranking de Competitividade Mundial 2019

23/05/2019
5G é oportunidade para o salto da competitividade brasileira




Hospital Santa Paula investe na personalização do atendimento com transformação digital

Instituição adota novas tecnologias, mas, mais do que tudo, investe na qualificação do profissional para lidar com as novas fer ...

LEIA MAIS



Só com mão de obra capacitada, o Brasil terá uma agricultura 4.0

Com o maior uso de tecnologia, há uma demanda significativa de profissionais para o campo com o domínio de TICs, diz a chefe-ge ...

LEIA MAIS



A economia digital é prioridade na agenda de companhias e governo

Na nova era, estratégias baseadas na utilização e massificação das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) são essenciai ...

LEIA MAIS



Agência Telebrasil Copyright © 2018-2019 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações
A Reprodução do conteúdo da Agência Telebrasil é autorizada mediante a indicação da fonte