Agência Telebrasil
Expediente


A Telebrasil

Aprovação do PLC 79/16 abre espaço para mais serviços via satélite
Agência Telebrasil
09/07/2018

Presidente do Sindicato Nacional das Empresas de Telecomunicações por Satélite (Sindisat), Luiz Otavio Prates, diz que o País precisa reduzir os entraves tributários para massificar o acesso a serviços digitais em regiões atendidas pelos satélites.

O Brasil precisa remover as barreiras que impedem uma oferta maior de serviços satelitais, entre elas, os entraves tributários, como a elevada taxa de fiscalização, que chega a ser oito vezes mais alta que a das demais tecnologias, aponta o presidente do Sindicato Nacional das Empresas de Telecomunicações por Satélite (Sindisat), Luiz Otavio Prates.

Em entrevista à Newsletter da Telebrasil, o executivo afirma que a aprovação do PLC 79/16, que revisa a Lei Geral de Telecomunicações, é fundamental para que mais empresas de satélite venham para o Brasil. “Retirar as barreiras é crucial. Se há mais investimento, há mais atendimento ao público, em especial, o mais carente”, salienta.

Ainda de acordo com o presidente do Sindisat, o Brasil não pode prescindir do satélite para massificar o 5G. “Digo que o 5G é você conectado onde estiver e na hora em que precisar, e sem satélite isso não será possível.” Assistam à entrevista.

LEIA TAMBÉM:

09/07/2018
Com mais infraestrutura, PMEs aumentam o consumo de internet no Brasil

09/07/2018
Roubo de infraestrutura de telecomunicações é crime grave e precisa ser punido como tal

09/07/2018
Aprovação do PLC 79/16 abre espaço para mais serviços via satélite

09/07/2018
Uso do Funpen evita contingenciamento a bloqueadores de celular

04/07/2018
Brasil ativa 72 novos celulares 4G por minuto em maio

01/07/2018
Operação nacional da Anatel impede comercialização de 25 mil equipamentos de telecomunicações irregulares

01/07/2018
BNDES financia ecossistema de Internet das Coisas

18/06/2018
Tributo "Zero" para um Brasil no Século XXI

18/06/2018
Na era digital, o Brasil é o país que mais cobra impostos sobre os serviços aos consumidores

18/06/2018
Expansão da banda larga passa pelo uso correto dos fundos setoriais






Febratel: subsidiar o diesel com o Fust é desconectar os brasileiros

Federação Brasileira de Telecomunicações se posicionou contra a destinação de recursos do FUST para a subvenção econômica à red ...

LEIA MAIS



Na era digital, o Brasil é o país que mais cobra impostos sobre os serviços aos consumidores

Serviços bons e mais baratos dependem de políticas públicas que permitam baixar a carga de quase 50% de impostos paga hoje pelo ...

LEIA MAIS



Com mais infraestrutura, PMEs aumentam o consumo de internet no Brasil

Estudo TIC Empresas 2017, lançada pelo CGI.br, por meio do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da In ...

LEIA MAIS



Brasil ativa 72 novos celulares 4G por minuto em maio

No quinto mês do ano, 3,2 milhões de novos chips 4G entraram em operação, somando um total de 116 milhões de acessos ativos. Ao ...

LEIA MAIS



Agência Telebrasil Copyright © 2018 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações
A Reprodução do conteúdo da Agência Telebrasil é autorizada mediante a indicação da fonte