Agência Telebrasil
Expediente

Especial Faixa Tributária

Fundos setoriais: setor precisa levar posição do TCU ao Supremo Tribunal Federal
Agência Telebrasil
17/06/2018

Uso de fundos setoriais em finalidades distintas de sua criação pode forçar o STF a mudar jurisprudência, sinaliza o professor da FGV Luiz Roberto Peroba.

A comprovação pelo Tribunal de Contas da União de que a maior parte da arrecadação dos fundos setoriais de telecom é destinada a uso diferente da criação dessas cobranças deve ser utilizada pelas empresas junto ao Supremo Tribuna Federal (STF) na luta para suspender as cobranças, defendeu o advogado e professor da Fundação Getúlio Vargas Luiz Roberto Peroba.

“Duas ações permitem levar essa ótica mais realista ao Supremo Tribunal Federal. E usando números do próprio TCU pelo menos para demonstrar que no caso das contribuições é necessário respeito à destinação original”, insistiu o especialista, que participou do debate Tributação regulatória: taxas, fundos e contribuições, realizado na sessão Reforma Tributária no Painel Telebrasil 2018.

A Corte de Contas, no Acórdão 794/17, demonstrou que, apesar de terem sido arrecadados R$ 85 bilhões com Fistel e mais de R$ 20 bilhões com Fust, menos de 5% desses recursos foram efetivamente usados na destinação prevista.

“É levar ao Supremo evidências de que na prática aquela ideia inicial prevista na construção do fato gerador não foi aplicada. Pode resultar numa mudança de cenário jurisprudencial. É comprovar com dados concretos e robustos que a finalidade realmente não foi atendida. A regra poderia ser decretada inconstitucional por uma situação superveniente que é a não aplicação para os destinos que foram indicados", sustentou o professor da FGV. Assistam à apresentação do advogado e professor da FGV Luiz Roberto Peroba.

LEIA TAMBÉM:

07/11/2019
Reforma tributária deve simplificar a tributação e melhorar o ambiente de negócios

11/07/2019
Imposto zero é fundamental para o País entrar na onda da Internet das Coisas

18/06/2019
LCA Consultores: Brasil Digital requer dar prioridade às telecomunicações

12/06/2019
Painel Telebrasil aponta caminhos para um novo ciclo de investimentos

11/06/2019
Prestadoras são os grandes atores da plataforma digital

11/06/2019
Aprovação do PLC 79/16 é essencial para políticas públicas de inclusão digital

07/05/2019
PLC 79/16 é a principal reforma microeconômica na agenda do Congresso

07/05/2019
Redução de imposto aumenta poder de compra do consumidor e libera mais investimentos das empresas

07/05/2019
Brasil precisa simplificar o sistema tributário para deslanchar a economia

13/03/2019
Anatel: cobrança do Fistel inviabiliza Internet das Coisas no Brasil






Na era digital, o Brasil é o país que mais cobra impostos sobre os serviços aos consumidores

Serviços bons e mais baratos dependem de políticas públicas que permitam baixar a carga de quase 50% de impostos paga hoje pelo ...

LEIA MAIS



Agência Telebrasil Copyright © 2018-2019 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações
A Reprodução do conteúdo da Agência Telebrasil é autorizada mediante a indicação da fonte